UM OÁSIS NO CORAÇÃO DE ALVERCA

Caros utentes, colaboradores e associados

 

Quatro décadas já passaram sobre aquele momento em que alguns homens e mulheres, daqueles que acreditam em sonhos, tornaram realidade a existência da Casa de São Pedro de Alverca.

 

Foi preciso acreditar que os obstáculos eram apenas etapas e que o objetivo final deste projeto era mais importante e mais meritório do que qualquer entrave que pudesse surgir no seu caminho. Talvez tenham tido, ocasionalmente, vontade de baixar os braços, mas a convicção de que estavam no caminho certo não os deixou esmorecer e assim volveram já 40 anos sobre a data de fundação da Casa de São Pedro de Alverca.

 

É esta perseverança, esta vontade dos sócios fundadores de edificar a casa de São Pedro, assente em valores de solidariedade social e apoio à população mais idosa, que ainda hoje nos movem na gestão diária desta casa. Também queremos fazer sempre mais e melhor pela qualidade de vida dos nossos utentes, diversificando serviços e trilhando caminhos que garantam a estabilidade e sustentabilidade da Casa de São Pedro por muitas mais décadas.

 

Esta equipa diretiva tem os olhos postos no futuro, sem menosprezar os difíceis tempos em que hoje vivemos. A pandemia de COVID-19 com a qual o país se defronta hoje, coloca em risco os nossos utentes e colaboradores, mas tudo faremos para que este combate resulte na vitória contra o nefasto vírus que nos afastou dos toques e gestos de afeto que faziam parte dos nossos dias. As opções desta Direção priorizam os utentes e os colaboradores desta Casa, seguindo escrupulosamente as indicações das Autoridades de Saúde e aplicando as medidas necessárias (no que respeita a equipamentos e procedimentos) para que nos mantenhamos a todos o mais seguros possível em cada momento.

Num cenário como o que vivemos hoje, as famílias carecem ainda mais do apoio das instituições particulares de solidariedade social, e a Casa de São Pedro está atenta às constantes mudanças no cenário socioeconómico, tentando desenvolver projetos e implementando medidas que visam a durabilidade da sua existência, para a qual a adaptabilidade à velocidade dos tempos que correm, é quase vital.

 

Deixemos aqui uma palavra de profundo agradecimento à dedicação e humanismo dos colaboradores e colaboradoras da Casa de São Pedro de Alverca. Em cada dia do quotidiano dos nossos utentes, os colaboradores e colaboradoras desta instituição cumprem as suas tarefas com brio e empenho, deixando de lado, muitas vezes, os seus próprios receios e condicionamentos, para responderem às solicitações daqueles que contam consigo. A pandemia reforçou laços e, na adversidade, temos tentado fortalecer o espírito de equipa que caracteriza esta instituição.

Estamos convictos de que com a entreajuda de todos os que têm esta Casa no coração, consolidaremos os projetos em curso, combateremos os efeitos desta pandemia e caminharemos para um futuro duradouro para esta instituição que queremos que continue, por muitas mais décadas, cumprindo os sonhos dos seus fundadores e respondendo aos anseios dos que a procuram e nela se encontram.

O Presidente da Direção

                                                               José Manuel M. Peixeiro

MISSÃO

 

Criar valor humano para o Cliente Idoso

 

VISÃO

 

Ser uma IPSS reconhecida no concelho como uma Organização de referência na prestação de serviços de excelência ao Cliente Idoso.

VALORES

 

Solidariedade Humana; Equidade Social; Ética; Dinamismo; Trabalho em equipa; Sustentabilidade Financeira; Responsabilidade Social.

A Casa S. Pedro de Alverca foi aceite na candidatura "SER SOLIDÁRIO".

 

Agradecemos  a todos os donativos que queiram dar à nossa Instituição.

Os mesmos processam-se através de transferência multibanco.

Download de instruções

RESPOSTAS SOCIAIS

O Centro de Férias desenvolve  atividades de caráter desportivo, artisitico, pedagógico E DE LAZER

CENTRO DE FÉRIAS

LER MAIS

PLANO MENSAL 2018

Cuidados a prestar aos associados:

GABINETE DE PSICOLOGIA

MÉDICO

ENFERMAGEM

FISIOTERAPIA

GINÁSTICA

HIDROGINÁSTICA

SALA SNOEZELEN

TRANSPORTE DE PESSOAS

 COM DEFICIÊNCIA

Novo em Portugal

SAIBA MAIS

HISTÓRICO

A Casa S. Pedro de Alverca tem a sua sede num edifício construído no século XVIII, que pertenceu a dois notáveis Alverquenses, João Mantas e Augusto Titel.

 

No século XX o edifício foi propriedade de Manuel Maria Vieira tendo sido legado, após a sua morte, à sua sobrinha Arminda Sousa, casada com Mário de Campos Barbosa. Os seus herdeiros vendê-lo-iam mais tarde à Casa S. Pedro de Alverca, proporcionando o inicial acolhimento em Lar e Centro de Dia a 28 e a 30 idosos, respetivamente.

 

A Casa S. Pedro de Alverca foi criada por um conjunto de 26 personalidades alverquenses que procuraram responder às necessidades sociais mais pertinentes.

 

As Instalações foram inauguradas a 13 de Novembro de 1980, tendo sofrido obras de ampliação em 1997. Com as sucessivas beneficiações, a capacidade do Lar cresceu de 28 camas, numa primeira fase, para as 111 camas atuais.

INSTALAÇÕES

A Casa S. Pedro de Alverca dispõe de 4.100 m2 de área total de terreno, com 1.403 m2 de implantação do edifício sendo a área bruta de construção de 3.500 m2.

Os quartos da ERPI são singles, duplos e triplos. O Centro de Dia ocupa 120 m2 e os Clientes têm acesso a um amplo Bar e Refeitório, para além de uma vasta área de jardim e uma Capela.

As instalações de apoio envolvem espaços para Serviços Administrativos, Lavandaria, Armazém, área de Manutenção e instalações técnicas diversas.

GALERIA

Rua João Mantas, nº 8

 

2615-102 Alverca do Ribatejo

 geral@casaspedrodealverca.pt

219 589 180

A Instituição divulga que já possui Livro de Reclamações Eletrónico na plataforma, de acordo com a Lei em vigor.

08

Loja Social

A Loja Social foi inaugurada no passado dia 29 de Junho de 2017, num espaço cedido pela Junta de Freguesia de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, com o objetivo de disponibilizar vestuário, calçado, mobílias, ajudas técnicas, brinquedos, louças, etc.

LER MAIS

06

Programa Operacional de auxílio às pessoas mais carenciadas

Programa operacional de distribuição de alimentos e/ou assistência material de base», programa operacional de apoio à distribuição de alimentos e/ou assistência material de base às pessoas mais carenciadas, combinada, se for caso disso, com medidas de acompanhamento.

LER MAIS

07

Cantina Social

A Cantina Social insere-se na Rede de Solidariedade das Cantinas Sociais e constitui-se como uma Resposta Social de Intervenção no Âmbito do Programa de Emergência Alimentar que é da concepção e execução do I.S.S., I.P.

 

LER MAIS

01

Estrutura Residencial para Idosos

A Resposta Social Estrutura Residencial de idosos destina-se a acolher pessoas idosas de ambos os sexos, temporária ou permanentemente, desinseridas do meio social e / ou familiar, autónomas ou não, na satisfação das suas necessidades básicas e que expressem livremente a sua vontade em serem admitidas.

LER MAIS

02

Estrutura Residencial para Idosos com Demência

A Resposta Social Estrutura Residencial para idosos com Demência destina-se a acolher pessoas idosas, dementes de ambos os sexos, temporária ou permanentemente, desinseridas do meio social e / ou familiar, autónomas ou não, na satisfação das suas necessidades básicas e que expressem livremente a sua vontade em serem admitidas.

LER MAIS

03

Estrutura Residencial para Pessoas Idosas com Grande Dependência

A Resposta Social Estrutura Residencial de idosos destina-se a acolher pessoas idosas de ambos os sexos, temporária ou permanentemente, desinseridas do meio social e / ou familiar, sendo grandes dependentes, na satisfação das suas necessidades básicas.

LER MAIS

04

Centro de Dia

A Resposta Social Centro de Dia destina-se a acolher pessoas idosas de ambos os sexos, na satisfação das suas necessidades básicas e que expressem livremente a sua vontade em serem admitidas.

LER MAIS

05

Serviço de Apoio Domiciliário (SAD)

A Resposta Social de Serviço de Apoio Domiciliário consiste na prestação de cuidados individualizados e personalizados no domicílio, a indivíduos e famílias quando, por motivo de doença, deficiência ou outro impedimento, não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e / ou as actividades da vida diária.

LER MAIS

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

2018 © CASA S. PEDRO. Todos os direitos reservados.